Like A Girl

Pushing the conversation on gender equality.

Code Like A Girl

10 Dicas para a Mulher que Trabalha em Tecnologia

Consolo, encorajamento, e desafios para as “mina em TI”

Photo by Christin Hume on Unsplash

Recentemente um tio me mandou uma mensagem preocupado pois tinha lido que as mulheres deixam o mercado de tecnologia numa taxa de 45% a mais do que os homens, com motivos como: querer começar suas famílias, não aguentar o assédio, não se sentir reconhecidas o suficiente e receberem consideravelmente menos que os homens nos mesmos cargos.

Nada novo debaixo do sol.

“Obrigada pela preocupação, tio, mas não pretendo desistir da minha carreira tão cedo.”

Comecei a pensar também nas outras mulheres incríveis com quais trabalho ou já trabalhei, e acredito que maioria também não pretendem ir a lugar algum. Acho que todas nós já aprendemos muitas lições valiosas para nos mantermos firmes, fortes e crescendo nas nossas devidas áreas.

Infelizmente, nem todas as mulheres que estão no mercado estão tão firmes ou felizes, sem contar as que temem entrar nele pelo grande desafio que as esperam.

Photo by Omar Lopez on Unsplash

2018 fará 8 anos que pisei nas águas do mercado de tecnologia. Sei que é pouco tempo, mas queria compartilhar alguns aprendizados, especialmente com o objetivo de encorajar, esclarecer, ajudar, consolar e fortalecer as mulheres em TI.

Já conquistamos e melhoramos muitas coisas, então não caia na armadilha de achar que tudo que der errado na sua carreira é por apenas ser mulher. Mas sim, infelizmente, ainda temos muito o que melhorar neste assunto, mesmo em 2018.

Tenho algumas dicas para amenizar essa jornada, quais eu aprendi, ou assisti minhas colegas guerreiras aprenderem. Então senta aí, vamos bater um papo.

1. Faça da Excelência a sua meta

Como assim Pri? Isso não é meio óbvio? Pois é. Não é. Especialmente no nosso mercado, com a nossa geração de aparentar e ter antes de ser.

Como mulher, você já será desconsiderada com mais facilidade, e não adianta bater o pé que, se você não tiver qualidade no seu trabalho, ninguém vai querer ouvir. Sendo assim, qual for a disciplina e rumo que escolher, tome cada passo com muito propósito, faça cada tarefa com muita excelência.

Por exemplo, se você é desenvolvedora: estude, leia, verifique, trabalhe DURO para ter um código limpo e eficaz. Se você é designer: seja organizada com suas idéias, capriche nas apresentações, aprenda a se comunicar com clareza, surpreenda com a atenção nos detalhes. Se você é gerente de projetos, de produtos: se joga na dedicação, se esforça para entender e compreender o máximo possível do seu projeto, até as áreas que não fazem parte da sua responsabilidade. Conheça sua equipe, as limitações de cada um, e seja criativo na liderança de mentes brilhantes — eles contam com o tom que você estabelece.

Seja uma profissional que busca ter o máximo de conhecimento no que faz. Concorra com a você de ontem, comece toda jornada de trabalho com a intenção de ser e fazer o seu melhor, de aprender algo novo, de aprimorar cada vez mais o que você faz.

Por que digo isso? Nada fala mais alto do que um trabalho bem feito, especialmente um trabalho feito com excelência. No mercado de tecnologia não tem espaço para mediocridade. Especialmente sendo mulher. Não adianta gritar por mais direitos fazendo um basiquinho, por que gata, a verdade é que estão rindo da sua cara.

Mas ninguém vai rir quando o seu trabalho for excelente. Não tem o que contestar ou duvidar de uma entrega, um resultado, um processo impecável, bem pensado e feito com paixão. Comece buscando a excelência, e você vai ver como as coisas vão ficando mais interessantes para você. Começa a se perguntar se você tem feito apenas o satisfatório, se pode melhorar, se esforçar mais, por que dentro de você existe SIM o potencial de ser EXCELENTE. Antes de mais nada, vai e seja. Não se contente com o bom, busque a excelência.

2. Consistência é Chave

O maior erro dos profissionais em TI é não terminarem o que começam. É não aparecerem, faltarem com o comprometimento mais de uma vez por que não estavam com tanta vontade. Veja que não mencionei mulheres nessa frase. Por isso essa dica é chave, pois te colocará já acima de todos os profissionais, independente de gênero.

Vou dar um exemplo: Trabalhei numa equipe onde um membro tinha um talento e uma experiência incomparável que os demais. Essa pessoa era um rockstar, a sensação, a celebridade do nosso time de meros humanos. Quando entrou, todos ficaram muito animados de poder trabalhar perto de alguém tão maravilhoso. Mas com o passar do tempo, percebemos que este membro não tinha horário fixo pra vir trabalhar, não tinha comprometimento com prazos, não tinha palavra. Quando suas mãos sentavam para trabalhar — só faltava sair glitter de tão maravilhoso que era o trabalho feito. Mas percebemos que dependíamos da boa vontade desta pessoa — nunca sabíamos quando iria faltar, se iria vir, se iria entregar. Não podíamos contar com sua participação. Foi então que um estagiário foi contratado para atuar abaixo como apoio — um iniciante na área, 0 experiência. E em 6 meses, esse mero estagiário liderava muito mais do que um membro com nomeada senioridade. Por quê? Simplesmente porque ele aparecia todos os dias, ele dava o melhor dele, era um jovem de palavra, e entregava o combinado — TODA VEZ. Consistente.

Photo by Olliss on Unsplash

O que aprendemos? A consistência ganha muito mais do que talento. Não adianta ser foda no que faz, precisa ser consistente. Então minha querida, se você dominar a arte de ser uma profissional consistente, com seus comprometimentos, com seus ritmos, com sua palavra: você já se colocará acima da média, e conquistará a confiança com mais facilidade.

3. Seja Destemida

É difícil ser a única mulher na equipe, e provavelmente das 3 bancadas de trabalho ao seu redor. Quem trabalha com tecnologia (desenvolvimento, engenharia de software, sistemas, design, estratégia, gestão) geralmente tende a ser mais introvertida, mais sensível. Pode ser intimidador ser a única mulher envolvida.

Eu lembro quando tinha 22 anos, comecei um estágio numa “in house” de uma grande investidora gaúcha. A gente trabalhava dentro de um aquário no meio do escritório, com maioria sendo homens, e dentro desse aquário, éramos quatro pessoas, eu a única mulher cercada por 3 homens extremamente extrovertidos, cheio de opinião, energia e personalidade. Eu tinha medo de abrir a boca e contribuir. Até que um dia, meu chefe falou assim, “Pri, eu te contratei. Eu vi 20 portifólios e você foi a escolhida. Sua opinião tem valor aqui, por favor me dê algumas idéias!” Alí eu aprendi que eu tinha que deixar meus medos na porta. Ele tinha razão, estava lá por algum motivo, e eles queriam este motivo na mesa.

Não tenha medo de levantar a mão, de discordar, de falar, de dar a sua opinião. Não tenha medo de continuar falando depois de ser interrompida no meio da reunião. Isso vai acontecer.

Não tenha medo de ser considerada “a chata”. As mulheres mais incríveis que já vi no mercado geralmente carregam com si o rótulo de “a chata”. Normalmente essas, viraram chatas pois não tinham medo de levantar as bandeiras certas, de não desistirem do melhor, de lutarem até o fim pelo que acreditavam. Fique atenta para não ser devorada pelos lobos, esses realmente existem. Mas com sabedoria protegendo a sua ousadia, não tem como errar. Quase todas essas “chatas”, apesar dos seus desafios, tiveram e estão tendo finais felizes.

O velho ditado vale: mais pessoas fracassam por medo, do que propriamente por terem tentado.

4. Influencie Ativamente

Como mulher, você geralmente vai ter algumas habilidades mais aprimoradas que seus colegas. Por exemplo, a empatia, a habilidade de ouvir ativamente, e não apenas para responder, a sensibilidade de saber como se comunicar com os outros, a intuição de entender um pouco mais sobre como as pessoas funcionam. Eu não estou dizendo que homens não conseguem fazer isso, nem que todas as mulheres dominam essas características — mas nós mulheres geralmente somos mais avançadas nesses quesitos, que são até considerados qualidades "femininas".

Photo by Alejandro Alvarez on Unsplash

Sendo assim, use-os para influenciar o seu ambiente. Ensine a sua equipe a praticar a empatia. Quando houver discórdia, e você tiver a liberdade para se envolver, mostre as pessoas ao redor como solucionar conflitos com uma comunicação clara, direta e respeitosa. Não se preocupe de carregar o título daquela que deixa as coisas mais doces, mais organizadas — você está fazendo a diferença. Muitos colegas vão ter o primeiro (e talvez único) contato com tais experiências e habilidades com VOCÊ. Então seja intencional com sua influência. Saiba que você não é APENAS uma <insira seu título de trabalho aqui>. Você é muito mais que isso, você tem um poder imenso de influenciar as pessoas ao seu redor no trabalho. Aproveite para tomar a iniciativa em estabelecer o tom, linguagem e ambiente em qual os seus colegas vão se comunicar. Seja intencional e ativa na sua influência com as pessoas ao seu redor.

5. Participe dos Eventos e das Comunidades

A melhor lição que qualquer um de nós podemos aprender é que nunca vamos terminar de aprender. O aprendizado é constante, é uma filosofia de vida — a sede por conhecimento não tem fim. Seja aquela mulher que não cansa de aprender, que não é arrogante em achar que já sabe de tudo. Especialmente no nosso mercado onde amanhã algo pode ser desenvolvido que acaba com todos os nossos empregos.

Além disso, participar dos eventos e das comunidades ajuda você a conhecer novas pessoas e criar redes de conexões. Te coloca no mapa, na mira, e te dá oportunidades que você jamais teria antes. Se você está iniciando, entra nos Meetups, procure os grupos de Whatsapp, Telegram, Slack, e apenas entre. Observe. Anote. Escute. Aprenda.

Com o tempo, você vai ganhar a confiança de participar ativamente, e possivelmente passar a contribuir pros mesmos. Independente, será percebída por estar presente. E como falamos anteriormente, a consistência da presença já é metade do caminho. Envolva-se, mostre interesse pelas comunidades, pelas pessoas que tem o que te ensinar. A gente só sabe liderar bem quando sabemos seguir bem.

6. Pergunte tudo e Peça Ajuda

Eu sei que como mulher a gente acaba trabalhando, estudando, se esforçando o dobro pois já duvidam de nós apenas por estarmos ali. Mesmo assim, não deixe de aprender com aqueles que são melhores e mais habilidosos que você. Seja humilde em expor suas fraquezas, mas seja firme em procurar as melhores pessoas ao seu redor para te ajudar a preencher essas lacunas e desenvolver melhorias.

Onde trabalho, tem uma estagiária de DevOps que todo dia senta com pelo menos 3 colegas com seu caderninho, aprendendo, observando. Não é a toa que em 6 meses de trabalho, não paro de ouvir elogios sobre seu empenho — a menina não para de perguntar e observar. Ela conquistou o respeito e admiração, e até torcida de grandes homens na empresa, apenas com a simplicidade de pedir ajuda na sua jornada de crescer na sua profissão. Só sinto orgulho e amor quando vejo mulheres fazerem isso — conquistar respeito e admiração de formas delicadas e agressivas ao mesmo tempo.

7. Seja um exemplo (mesmo sem o titulo)

Essa é uma das coisas mais difíceis que você vai passar nesse mercado. Maioria das mulheres merecem ter um cargo a mais, merecem ser as líderes ativas, mas não serão promovidas, não serão reconhecidas — e é neste nível do jogo que quase metade desistem.

Queria te encorajar a não desistir, e a fazer o seu dia a dia como se tivesse o cargo. Seja o exemplo no seu trabalho. Seja a profissional que você acredita que todos deveriam ser naquela sala. O grande clichê — seja a diferença que você deseja ver.

Como fazemos isso na prática? Reclame (de forma improdutiva) menos. TODO ambiente de trabalho vai ter seus desafios, seus problemas, suas chatices, e as pessoas ADORAM reclamar. Seja a pessoa que traga soluções. Para cada problema levantado, seja a pessoa que traga pelo menos 2 soluções. Eu sei que isso é lindo na teoria e difícil na prática, mas você é inteligente e criativa. Seja a pessoa que motiva, seja a pessoa que trabalha duro e incentiva os outros a também darem o seu melhor. Seja a pessoa que escuta, encoraja e ajuda os colegas nos seus piores dias. Seja correta com as políticas da empresa, seja honesta, seja generosa. Reconheça quem merece reconhecimento, e ajude quem precisa de uns toques discretamente.

Pri, você ta me falando para eu agir como uma gerente, uma líder, sem ser uma? Hmmm. Quase.

Tem uma Product Owner FENOMENAL que eu conheço no meu trabalho que faz tudo isso acima. O cargo dela por hora é apenas de Product Owner, mas ela virou bem mais. Ela decidiu que o ambiente de trabalho dela era aonde ela iria compartilhar e desenvolver todos seus talentos e habilidades profissionais e interpessoais. Sendo assim, na carteira, sim, ela é apenas uma PO. Mas na prática? Ela virou nossa líder. Ela virou a pessoa que nos guia, que nos ajuda, que nos levanta quando estamos pra baixo. Ela virou aquela pessoa que quando ela muda de cidade, o escritório inteiro sente a falta dela. Isso é uma mulher que assumiu a responsabilidade de ser um exemplo para todos ao redor. Você pode conhecer mais sobre ela aqui.

Só por que você é estagiária, junior, ou uma pleninha da vida não quer dizer que você não pode ser um exemplo e uma inspiração no seu ambiente de trabalho. Abrace essa causa, querida. Você estará abrindo o caminho para muitas outras te seguirem, confia na tia.

8. Crie uma Rede de Apoio e Torcida

Estou falando coisas lindas, lançado desafios que parecem milagrosos. Mas na prática, é difícil, muitas lágrimas e angústias são envolvidas. E você vai chorar no banheiro mais do que você gostaria. Sinto muito lhe dizer.

A melhor coisa que eu fiz nesse mercado, como uma mulher, foi me cercar de outras mulheres. É difícil, pois somos poucas. Mas procure as mulheres que estão acertando, que estão batalhando. Esquece as mulheres que estão subindo por caminhos errados, ou estão acomodadas — para essas você vai ter que ser o exemplo. Mas tenta encontrar aquela que vive por um propósito, faz tudo com intenção, e se gruda nela. Entra nos grupos das mulheres em TI, crie um grupo na sua empresa — essa rede de apoio é importante pra você. Todas nós passamos por preconceitos, batalhas, dificuldades e impedimentos muito parecidos — e se nos juntarmos, podemos dar um apoio sem preço. Sem contar que essas mulheres vão virar líder de torcida na sua vida, vão vibrar com suas conquistas, te consolar com as derrotas, e talvez, até ajudar abrir caminhos para suas metas. Procure mulheres de confiança. Geralmente, as mulheres se unem e gostam de ver uma a outra atingir, conquistar e subir. Isso é bom para todas nós — então crie essa rede de apoio ao seu redor. Sozinhas vamos mais rápidas, Juntas vamos mais longe. Anota essa.

9. Saúde Mental em Primeiro lugar

Guarda com toda a diligência o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.
Provérbios 4:23

Não tem como não concordar com a sabedoria desse proverbio. Você sabe do que estou falando. Quando sua mente, seu coração, e sua alma estão bem — você brilha. Você é indestrutível. Mas quando você não está bem, seu corpo, seu ânimo, seu empenho, sua alimentação, sua comunicação — tudo vai pra baixo. Então minha querida, cuida da sua saúde mental e emocional antes de mais nada.

Photo by Tyler Nix on Unsplash

Esse nosso mercado vem com muitos desafios, e o profissional de tecnologia geralmente tem mais chances de desenvolver ansiedade, depressão, síndrome do pânico entre outros. Essas são doenças sérias, debilitantes, e dignas de serem tratadas. Como mulher, somos mais suscetíveis ainda a sofrermos delas. Então se cuida.

Cuidado com o que você alimenta o seu coração, proteja sua mente, seus olhos, seus ouvidos nessa era de redes sociais, de comparação. Não dê sequer um segundo de atenção para nada que faça você duvidar de si mesma. Não se entrega as pressões inalcançáveis que a sociedade já impõe na mulher.

Se você estiver mal, estiver sofrendo — busque ajuda. Fale com alguém. Me manda mensagem! Você é especial, incrível, única, e merece ser cuidada.

Me escute — Não existe trabalho, sonho, homem, mulher, projeto, desafio que valha a pena o preço da sua saúde. Cuide dela!

Essa é uma leitura excelente que aborda mais esse assunto.

10. Excelência, Excelência, Excelência

Voltei nessa tecla por que é importante eu terminar isso com a maior lição que eu aprendi nesses 8 anos. Nada é melhor do que um trabalho impecável. É o seu melhor cartão de visita, currículo, carta de apresentação. É o tapa na cara que o mercado de tecnologia precisa por ser tão preconceituoso com as mulheres por tanto tempo. É só assim que mudaremos o jogo, meninas — sendo excelentes. Levantando o padrão. Estude. Leia todos os livros, e releia. Escreva artigos. Acorde mais cedo. Planeja a sua semana melhor. Você tem apenas uma vida, e nela você escolheu (ou está escolhendo) este caminho — então faça o para valer. Não se contenta com a mediocridade, com o dia após dia do mesmo. Não se acomode. Veja sempre o que pode ser melhorado, o que pode avançar. Procure por novas oportunidades, e corra atrás delas.

Esse mercado precisa de mais mulheres, mas de mais mulheres EXCELENTES. Eu tenho plena confiança que dentro de VOCÊ tem tudo o que necessita para ser mais uma dessa.

Alguns outros artigos para te incentivar

Você tem mais dicas? Aprendizados? Comentários e ressalvas? Fala comigo! Deixa um comentário! Me chama no twitter! Vamos crescer juntas 🙂

Siga a tag codelikeagirlBR para ver nossos posts! 😀

Quer escrever ou traduzir artigos em português para a Code Like A Girl? Se você já faz parte do time de escritoras(es) da Code Like A Girl basta enviar seu artigo diretamente para nossa publicação. Se você ainda não faz parte do nosso time, envie uma mensagem direta para a conta de twitter CodeLikeAGirlBr. Nós avaliaremos seu artigo e ajudaremos a refiná-lo para publicação.