Like A Girl

Pushing the conversation on gender equality.

Code Like A Girl

A diferença salarial entre homens e mulheres, vista por um homem

O mercado de trabalho que conhecemos hoje segue conceitos que foram pautados na revolução industrial. As premissas que usamos para analisar a produtividade, o aprendizado, a atuação dos funcionários e como motivá-los tem como base o modelo Taylorista. Este modelo mental, além de equivocado para efeito de motivações, acaba refletindo também os equívocos culturais da época, que colocavam as mulheres em posição inferior aos homens, tanto do ponto de vista social, como no trabalho.

Desde então, as mulheres, antes proibidas de estudar, já ultrapassaram os homens em dedicação e resultado nas universidades, mesmo considerando a jornada maior em horas de trabalho, e ainda assim este desempenho não se desdobra em melhores condições de trabalho para mulheres.

As conquistas já alcançadas pelas mulheres são muitas, mas ainda há pouca valorização das mulheres no mercado de trabalho. Alguns homens, se sentindo ameaçados, argumentam receio de que as mulheres “tomem seus lugares” em cargos de confiança. O que eles chamam de tomar seus lugares, eu chamo de capacidade e esforço em ascensão. Ryan Holiday apontou esse fato alarmante em seu livro, Ego is the Enemy, onde argumenta que um obstáculo primário para o sucesso é a ideia de sucesso, e o sucesso das mulheres é latente em toda a sociedade.

As mulheres estão buscando seus objetivos, sonhando e colocando em prática esses sonhos. Não importa qual o sexo, homens, mulheres, pessoas estão trabalhando para uma sociedade melhor, estão mudando o mundo, então por que existe diferença salarial homem/mulher?

Além da divisão nítida salarial, elas estão buscando objetivos tangíveis, mas encontram como obstáculos a humilhação, assédio moral, estupros, violência e as vezes a morte. A sociedade impõe: você é frágil, não atravesse meu caminho, senão…

Estamos testemunhando uma forte mudança do trabalho físico para o trabalho intelectual, onde a função é conhecida como knowledge worker. Neste meio, qualidades como as capacidades de trabalhar em equipe, lidar com outras pessoas, liderar e dar o exemplo são determinantes para o sucesso. Neste cenário, as mulheres prosperam, dado que têm mais inteligência emocional do que os homens. Times multidisciplinares e variados é um dos valores do ágil, e ter mulheres no time é imprescindível para isso.

Enquanto as mulheres estão prosperando, a maioria do sexo masculino está presa a um conceito frágil de identidade masculina, deixando sua capacidade de contribuir positivamente para o mundo para trás.

Temos que fazer uma escolha: quando algo não está dando certo, ou empurramos o problema com a barriga ou podemos pedir ajuda. No entanto, homens frequentemente enxergam a ideia de pedir ajuda como uma falha, o que só faz gerar problemas para nós e para quem nos cerca. Enxergar como precisamos melhorar continuamente faz parte da nossa busca por saúde. Enxergar como as mulheres podem nos ajudar e liderar pelo exemplo faz parte da nossa busca por um mundo melhor.

Siga a tag codelikeagirlBR para ver nossos posts! 😀

Quer escrever ou traduzir artigos em português para a Code Like A Girl? Se você já faz parte do time de escritoras(es) da Code Like A Girl basta enviar seu artigo diretamente para nossa publicação. Se você ainda não faz parte do nosso time, envie uma mensagem direta para a conta de twitter CodeLikeAGirlBr. Nós avaliaremos seu artigo e ajudaremos a refiná-lo para publicação.