Like A Girl

Pushing the conversation on gender equality.

Code Like A Girl

As mulheres pelas mulheres em TI

Recentemente estive pensando em uma Danielle que começou a trabalhar há 15 anos atrás…
Ah, que orgulho de mim! Jovem, negra, pobre, entrei em uma faculdade pública e logo no segundo semestre arrumei um estágio onde eu ganhava mais do que minha mãe!
Em uma equipe com vários homens eu era a única mulher. Estagiária de programação, apaixonada e feliz!
Adorava ser a única mulher! Fazia com que eu me sentisse especial! Carência? Insegurança? Vaidade? Talvez tudo isso misturado.

O problema não é o problema…

Não havia problemas quando eu fazia “tudo certo”. O problema acontecia quando eu errava… A equipe não poupava críticas sobre meu trabalho, como se eu nunca fizesse nada certo. Eu, a jovem mulher segura e apaixonada pelo meu trabalho, sempre que errava ia chorar no banheiro… E fiz isso muitas vezes!

Os anos passaram… E eu fui endurecendo, eu já não chorava no banheiro, eu dava soluções.
Os homens da equipe? Passaram a me ver de outra forma e eu também!

Não tinha a menor paciência, não gostava de trabalhar com mulheres… Fiquei dura!

Triste isso né? Mas a verdade é que eu sempre fui exceção, tanto no trabalho quanto na vida, e aprendi a gostar disso…

Até que um dia eu vi uma estagiária ser massacrada por um dos homens da minha equipe. Neste momento eu vi a Dani de anos atrás chorando no banheiro… Vi nos olhos de uma mulher, a mulher que eu já fui… Assustada e humilhada.

Entrei em defesa daquela moça, comprei briga, discuti… Eu não ia chorar no banheiro e nem ela. Eu não tive ninguém para me defender quando eu comecei, mas decidi que com ela seria diferente. Era só um bug! Como tantos que existiam na aplicação em que trabalhávamos!

Precisei disso para entender que amor ao próximo também significa acolher aquele que está aprendendo.
Não sou a pessoa mais paciente do mundo… Mas me esforço todos os dias para não voltar a ser uma muralha. Em vez disso, escolho ser uma ponte.

Às mulheres que atuam há mais tempo na área de TI: escrevi este artigo para pedir mais amor, mais colo, mais sororidade!!! Porque quem está começando precisa de nós!!!

Bjsss,
Dani (@DaniMonteiroDBA)

Siga a tag codelikeagirlBR para ver nossos posts! 😀

Quer escrever ou traduzir artigos em português para a Code Like A Girl? Se você já faz parte do time de escritoras(es) da Code Like A Girl basta enviar seu artigo diretamente para nossa publicação. Se você ainda não faz parte do nosso time, envie uma mensagem direta para a conta de twitter CodeLikeAGirlBr. Nós avaliaremos seu artigo e ajudaremos a refiná-lo para publicação.