Like A Girl

Pushing the conversation on gender equality.

Code Like A Girl

Reflexões sobre Comunidades de Tecnologia, Diversidade, Responsabilidade Social e Eventos

WordPress Themes

Já participo de comunidades de desenvolvimento faz uns 5 anos, seja indo em eventos, palestrando, criando conteúdo ou, mais recentemente, administrando o agiletesters.com.br.

Desses 5 anos tiro uma série de reflexões que vão de encontro a tudo que citei no título do texto e que gostaria de compartilhar com vocês.

1- É tudo sobre pessoas

As comunidades são grupos de pessoas que se reúnem em torno de um ou vários assuntos específicos para compartilhar conhecimento e fomentar ideias.

A parte mais importante dessa afirmação não é qual comunidade você participa, qual linguagem você mais gosta ou o quanto você é bom nisso. São as pessoas que estão lá. Por isso é tudo sobre pessoas, como elas interagem e contribuem, como elas se sentem e o que elas precisam.

Da próxima vez que for interagir na sua comunidade, lembre disso. Repense a forma que você fala e expõe a sua opinião, o quanto você ajuda os outros ao invés de simplesmente julgar e dizer que ele "não sabe, é burro, não tem jeito".

2- Deixe o ego de lado e seja mais profissional

Uma coisa que acontece muitos nos eventos e comunidades é o quanto as pessoas colocam o seu ego acima de tudo. Eu sei mais, eu sou melhor, eu mereço estar ali.

Esse é um tipo de postura totalmente anti-profissional. Como adultos e profissionais da área temos que saber impor limites entre nosso emocional e racional. Quando você deixa seu ego atrapalhar suas relações e sua contribuição significa que não conseguiu se controlar entre emoção e razão e está deixando questões totalmente pessoais atrapalharem sua vida profissional.

Seja humilde, saiba admitir quando outra pessoa tem uma argumento melhor e aprenda com ela.

3- Saiba equilibrar seus objetivos pessoais com os objetivos do grupo

Eu sei que todos nós temos metas pessoais e estamos lutando para atingir nossos objetivos, mas quando estiver em comunidade, lembre de equilibrar os seus objetivos com os do grupo.

Ao invés de simplesmente usar as outras pessoas para alcançar seus objetivos (ser um palestrante famoso, ser o melhor desenvolvedor naquela tecnologia, etc), utilize esses espaço para que, na mesma medida que você absorve conhecimento, você também o espalhe e dissemine para outras pessoas.

Dentro das próprias comunidades existem pessoas que tentam passar por cima e até mesmo prejudicar outros profissionais — eu sei que isso acontece em qualquer lugar do mundo real, mas só estou reafirmando que dentro do organismo comunidade isso também ocorre —, e isso é horrível. Tem espaço para todos dentro do mercado, se cada um gastar seu tempo fazendo o melhor ao invés de tentar fazer o mal ao coleguinha, teremos profissionais muito melhores e cada vez mais conteúdo para compartilhar.

4- Tenha empatia

Adote a empatia como uma regra na sua vida. Entenda que você está cercado de pessoas completamente diferentes de você e que você precisa lidar com elas da melhor forma. Você não sabe o que se passa na vida da pessoa que está ao lado então seja empático e aprenda a lidar com as diferentes situações que podem vir a acontecer.

5- Seja menos comercial e mais contribuidor

Eu sei que somos capitalistas e que nossas relações são construídas fortemente em cima de dinheiro e poder. Mas quando falamos de comunidade, existe toda uma gama de conteúdo de graça e disponível para se aprender, enquanto muitas pessoas tentam explorar em cima disso.

Dê seus cursos e treinamentos, cobre por isso, não deixa de ser um trabalho, mas também devolva pra comunidade tudo aquilo que você aprendeu.

6- Somar para conquistar ao invés de dividir para ser reconhecido

Um cenário que acontece com frequência é o surgimento de novos grupos a partir da divisão de um grupo anterior por desentendimento. Isso não funciona, se existe alguma divergência de opiniões tente resolver, discuta, coloque as opiniões na mesa e cheguem a alguma conclusão ao invés de simplesmente brigar e separar.

Como foi citado no ponto 2, seja mais profissional e menos "egossional" .

7- Mas as vezes dividir pra apoiar pode fazer sentido

Algumas vezes dividir é necessário para dar mais atenção a nichos específicos. Aqui deixo minha experiência com a Comunidade de Testes. O http://agiletesters.com.br/ por exemplo reúne profissionais de teste de todo país, mas as mesmo tempo tem nascido várias comunidades locais nos diversos estados do país e eu tenho convicção que esse “dividir para conquistar” é extremamente válido. Cada região tem as suas particularidades e é necessário juntar essa galera em grupos menores e mais aconchegantes para que a troca de experiências seja mais efetiva. Continuaremos contribuindo para as comunidades “mães” ou agregadoras, mas também faremos nosso trabalho nas comunidades locais para conhecer o pessoal que está perto e ansioso por compartilhar e aprender.

8- Apoie a diversidade (ou pelo menos não seja escroto)

Toda pessoa é livre para pensar e crer no que quiser mas tem a obrigação de contribuir para uma convivência tranquila quando se está em sociedade. Já ouvi vários relatos de homens que afirmam que as mulheres não tem capacidade suficiente para programar (já ouvi mulheres falando isso também). Assim como já vi pessoas que são extremamente preconceituosas com minorias, algumas por toda carga social que carregam desde a criação e pela falta de informação e outras por simplesmente serem estúpidas mesmo.

Se você é uma dessas pessoas, volte ao tópico 4 sobre empatia e tente conversar e entender o mundo das minorias e por que elas precisam de apoio.

Se você é responsável por alguma comunidade, tenha um Código de Conduta claro que proteja as minorias e no caso de acontecer algo que esteja fora da conduta esperada, tome as ações cabíveis.

9- Apoie alguma causa

Existem uma infinidade de Instituições de Caridade precisando de ajuda, aproveite todo esse poder das comunidades e eventos de reunir pessoas e apoie alguma causa. Imagina um evento com mil pessoas, se cada uma doar R$10 para o Combate a Fome por exemplo, quantas pessoas teriam alguma coisa pra comer no dia seguinte.

10- Ajude a tornar sua comunidade um lugar melhor para todos

Tenho certeza que seu eu pedir para você fazer uma lista do que poderia melhorar nas comunidades que você participa ou nos eventos que você vai, teria uma série de coisas e também sugestões de como resolvê-las.

Então faça isso, na verdade crie 2 listas e inclua como você pode mudar para melhorar a forma que contribui. E mude!

Fica o convite para tornar nossas comunidades ou grupos o lugar que eles deveriam ser: acolhedores, com muito conhecimento e pacíficos.

Siga a tag codelikeagirlBR para ver nossos posts! 😀

Quer escrever ou traduzir artigos em português para a Code Like A Girl? Se você já faz parte do time de escritoras(es) da Code Like A Girl basta enviar seu artigo diretamente para nossa publicação. Se você ainda não faz parte do nosso time, envie uma mensagem direta para a conta de twitter CodeLikeAGirlBr. Nós avaliaremos seu artigo e ajudaremos a refiná-lo para publicação.