Like A Girl

Pushing the conversation on gender equality.

Code Like A Girl

Sou uma mulher em tecnologia, e isto é o que eu quero em uma empresa

Escrito por Leigha Mitchell, traduzido para português por Andressa Chiara e revisado por Jessica Temporal para Code Like A Girl

https://unsplash.com/photos/CmF_5GYc6c0

Como desenvolvedora, há algumas coisas que eu quero em uma empresa antes de decidir entrar, e uma vez que eu me torne parte do time.

Quero ver outras mulheres

A primeira coisa que a maioria das pessoas faz antes de ir a uma entrevista ou sequer enviar o currículo é olhar a página de vagas e carreiras da empresa. Se ela está cheia de fotos de homens brancos de barba e camisas listradas, é um sinal de alerta. Se o corpo executivo é todo de homens brancos que poderiam ser meu pai, é outro sinal de alerta. Quando você tem um time pequeno e estas são as cartas que você recebeu, é mais difícil contornar isso. Mas você sempre pode colocar um texto nesta página explicando que quer trazer diversidade para seu time e o porquê. Outra dica que eu vi funcionar é colocar uma silhueta claramente feminina e colocar “Essa pode ser você!”.

Uma vez que passei da página de vagas, quero vê-las pessoalmente. É sempre importante ter mulheres no processo de entrevista, mas especialmente quando você tem uma candidata. Isso me deixa mais confortável para fazer algumas perguntas e oferece uma oportunidade de questionar coisas que só outra mulher em tecnologia consegue responder. Mesmo se no momento não houver mulheres no time em que vou entrar (sinal de alerta), traga alguém de outro time para uma entrevista sobre cultura.

Não estou nem aí para sua “ótima cultura”

Todo mundo tem uma ótima cultura e vocês são todos melhores amigos, eu entendo. Isso é tão comum no meio das startups que não quer dizer nada. Trabalhei nestes lugares, e juro para você que o que é uma cultura fantástica para uma pessoa pode ser horrível para outra. Então eu quero que você me prove. Quero conhecer membros de cada time, quero conversar com eles e descobrir como eles são. É importante para mim saber quem são essas pessoas com quem vou trabalhar bem e vou evoluir, e que elas querem fazê-lo junto comigo.

“Muitas das verdades às quais nos apegamos dependem muito do nosso ponto de vista.”

– Obi Wan Kenobi

Não me importo se tem uma mesa de ping pong, um barril de cerveja, ou salgadinhos liberados. Eu me importo com o fato da CEO sair na hora para pegar seus filhos no colégio durante a semana, que os fins de semana e feriados são para passar o tempo com a sua família e que, quando aquele cara do marketing pediu o namorado em casamento, todo mundo saiu para almoçar junto e comemorar. São essas as coisas que eu quero ver e o time do qual quero ser parte.

Me diga como você vai me ajudar a crescer

No momento em que eu ficar estagnada, eu fico entediada e vou embora. Este é um fator imenso pelo qual me tornei desenvolvedora em primeiro lugar. Há sempre algo novo a aprender, ou praticar, ou construir. Isso significa que crescimento e projeção são extremamente importantes para mim e que eu aprendi da forma mais difícil a garantir que isso esteja claro desde o início.

Como muitas outras mulheres, eu sou muito passiva na hora de pedir aumentos e promoções. Ter uma definição de quais são as expectativas para cada nível de desenvolvedor ajuda com isso. Assim eu tenho um guia e sei exatamente o que preciso fazer para atingir essas expectativas. Isso também ajuda a reduzir a oportunidade de discriminação. Todos sabem o que é esperado para cada nível, e para cada salário. Ou você atende os requisitos, ou você continua trabalhando neles até atender.

Devo esquecer que sou uma minoria, mas ter apoio quando lembrar

Nunca deve ser dolorosamente óbvio que sou a única mulher na sala. Em um mundo ideal, eu não serei, mas algumas vezes isso ainda vai acontecer. Somos adultos e todos devem ser tratados com respeito e igualdade, mas esta é outra conversa. É ótimo ter um CEO ou algumas pessoas na empresa que apóiam a diversidade, mas a menos que isso se torne parte da mentalidade de cada funcionário, não vai dar certo.

Se eu trouxer algo à atenção de um gerente ou membro do corpo executivo, como preocupações sobre a falta de diversidade ou o tratamento que as mulheres em tecnologia recebem, isso deve ser tratado com seriedade. Se for dentro da empresa, a ajuda deles é crucial, mas se for uma preocupação mais ampla, eu quero saber que também tenho seu apoio. Se eu disser que eu quero que mais mulheres entrem em tecnologia, quero que digam “E o que você vai fazer sobre isso?”, sabendo que tenho seu apoio e suporte.

Me ajude a combater minha síndrome do impostor

Todo mundo conhece a Síndrome do Impostor hoje em dia, e é algo com o que eu sofro. Especialmente enquanto mulher em tecnologia, e extra especialmente como uma desenvolvedora mais júnior. Sou incrivelmente exigente comigo mesma, então é benéfico ter um time que vai me apoiar nesta luta. Não quero dizer que quero ouvir que sou fantástica. Eu quero conselhos de verdade. Quero saber que meus mentores começaram do mesmo lugar que eu, quero ouvir que preciso dar um passo para trás e olhar para o todo, e não para o dia a dia.

“O lado negro encobre tudo. Impossível ver o futuro é.”

– Yoda

Isso dito, também é benéfico estar em um time que vai dizer quão fantástica você é. Muitas pessoas não gostam de se gabar ou chamar atenção para seus méritos, e por isso você precisa fazê-lo por elas. Ver outras pessoas dando apoio aos membros dos seus times sobre seus méritos é algo muito poderoso. Este é um ambiente que você não consegue falsificar, e do qual todos merecem fazer parte.

Eu tive muita sorte de encontrar uma empresa assim, mas para aqueles que ainda estiverem procurando, isto é o que eu esperaria e exigiria. Para empresas que querem contratar mais mulheres e diversificar seus times, espero que vocês tenham aprendido algo útil.

Siga a tag codelikeagirlBR para ver nossos posts! 😀

Quer escrever ou traduzir artigos em português para aCode Like A Girl? Se você já faz parte do time de escritoras(es) da Code Like A Girl basta enviar seu artigo diretamente para nossa publicação. Se você ainda não faz parte do nosso time, envie uma mensagem direta para a conta de twitter CodeLikeAGirlBr. Nós avaliaremos seu artigo e ajudaremos a refiná-lo para publicação.